Softline concluiu o primeiro projeto de SAM no Vietnã

Notícias

Softline concluiu o primeiro projeto de SAM no Vietnã

A Softline tem orgulho de anunciar a conclusão bem sucedida do primeiro projeto de gestão de ativos de software envolvendo a análise integrada de uso de software de Microsoft em Vitranschart (Vietnã). A equipe do projeto inventariou os ativos de software da empresa e analisou o estatuto de licenças disponíveis. A equipe elaborou um plano de aquisição de software Microsoft adaptado às especificidades de infra-estrutura IT que maximizará a conformidade do licenciamento.

Vitranschart (Vietnã) está especializado em transporte marítimo e entrega de cargas  em toda a região. A empresa iniciou o projeto com o objectivo de aumentar a eficácia da contabilidade dos contratos, otimizando os custos  IT e excluindo os potenciais riscos legais e financeiros. Para este fim, a gestão de empresa decidiu avançar com um projeto de gestão de ativos Software, Software Asset Management (SAM).

Os objectivos do projecto chave incluem:

  • Análise do estatuto atual de contratos de software da Microsoft
  • Determinação do número atual de licenças válidas
  • Análise de riscos legais e de riscos de licenciamento atuais
  • Elaboração de recomendações e maneiras de otimizar o licenciamento e plano de compra  

O projeto foi concluído em menos de dois meses, com um total de 70 locais de trabalho verificados. Softline analisou o software do cliente no Vietnã e verificou as licenças válidas contra registos contabilísticos atuais. Para analisar a conformidade do licenciamento, Softline usou uma solução recomendada pelo fornecedor — Microsoft Assessment e Planning Tool (MAP). Os peritos usaram as suas descobertas e conclusões para preparar um relatório detalhado com recomendações para otimizar os processos de gerenciamento de ciclo de vida de software.

"O projeto de gestão de ativos de software resolveu o número significativo de nossas tarefas. A implementação de SAM simplificou as nossas práticas de planeamento financeiro, permitindo-nos rever e otimizar os futuros custos da infraestrutura IT. O projeto fez os nossos ativos mais gerenciáveis e reduziu a nossa exposição a riscos legais,"diz Nguyen Truong Tuan, diretor de IT, Vitranschart.